Jererê

Postado por Drausio Silva em 30 maio, 2014 Letras | Tags: | Nenhum comentário

(Eron Meira)

Moço
Sem nada dá pra que ganhar
Esforço
Temos mais é que caminhar

Minha arte é de pobre
Seu partido é de nobre
Filho de peão mas vendo esta canção
Quer comprar

Faço
Da noite o dia pra viver
No compasso
Que amanhece ao anoitecer

E com ela de baixo
Debaixo do braço
Essa viola que chora
E me leva ao cansaço

Bem te ver
Pra paparicar
Jererê
Chuva fina

Quer comentar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *