Rasgo Noturno

Postado por Douglas Silva em 11 setembro, 2013 Letras | | Nenhum comentário

(Douglas / Drausio)

São dez pras oito
Quem tem carro
Quem tem grana
Saiu pela noite
Prazer produzido
Saiu a comprar novidades
Comprou seu programa
Comprou sua menina
Comprou o que tinha vontade
Saiu pela noite
Prazer produzido
Comprou toda mediocridade

São dez pras oito
Quem tem carro
Quem tem grana
Saiu pela noite
Prazer produzido
Saiu a comprar novidades
Comprou seu programa
Comprou sua menina
Comprou o que tinha vontade
Saiu pela noite
Prazer produzido
Vivendo da vaidade

Rasgo Noturno
Vontade de tudo
Período diurno
Num céu todo escuro
Rasgo Noturno
Volúpia vital
Podre sentido
Inútil e banal

São dez pras oito
E quem não tem grana
Não vai muito longe daqui
Foi dar umas bandas
Num Rasgo Noturno
Tomou uma overdose de si

Quer comentar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *